Mota-Engil Angola equipa frota com solução de gestão da Inosat

O Grupo Mota-Engil em Angola, equipa 1338 veículos com Inofrota, a solução de gestão avançada de frotas da Inosat. A Mota-Engil Angola espera com este investimento, conseguir melhorar a produtividade das equipas e reduzir custos operacionais.

A operar no sector da construção civil e obras públicas, a Mota-Engil Angola sente a necessidade de controlar o considerável número de viaturas do grupo, bem como de eliminar as barreiras causadas pela sua dispersão geográfica. Para esta empresa da área da construção torna-se essencial a implementação de um sistema controlo e gestão abrangentes mas, simultaneamente, incisivos. Das 1338 viaturas contratadas já estão instaladas 650, entre máquinas, veículos de transporte de matéria-prima e viaturas de transporte de funcionários.

O responsável máximo pela Mota-Engil em Angola, explica que “o objectivo do Grupo Mota-Engil Angola ao investir num sistema de gestão de frotas passa, essencialmente, por maximizar a produtividade e reduzir os custos associados às viaturas. Adicionalmente e resultante da natureza do nosso negócio, a Mota-Engil Angola apresenta uma série de requisitos específicos ao nível de integrações com outros sistemas de gestão da empresa, nomeadamente o SIGRE, mas também ao nível da análise do trabalho diário das nossas máquinas e camiões, com o objectivo de determinar, por exemplo, o número de horas de trabalho diário realizado por cada um destes recursos.”

João Santos, Director Geral da Inosat Angola, esclarece que “a solução apresentada à Mota-Engil Angola reflecte todas as necessidades apresentadas pelo nosso cliente no caderno de encargos apresentado à Inosat Angola. A nossa resposta traduziu-se numa solução capaz de controlar, entre outros parâmetros, o tempo de trabalho de máquinas e de condução dos camiões, a possibilidade de identificar avarias dos veículos, controlar roubos de combustível e armazenar dados em zonas onde a capacidade de cobertura GSM é reduzida”.

O investimento, na ordem dos 500 000 USD, na solução da Inosat, permite eliminar horas de trabalho improdutivas, agilizar a gestão administrativa, reduzir custos operacionais e eliminar roubos de combustível. Adicionalmente, actua ainda como efeito moralizador na utilização das viaturas e na condução.

A solução implementada conjuga o Inofrota com ferramentas avançadas de telemetria das viaturas, nomeadamente, sensores de báscula e de tomada de força, ligação ao CANBus identificação de motorista e sensores que detectam roubos de combustível em tempo real.

João Santos, director geral da Inosat Angola, afirma que “o foco da Inosat é sempre aumentar o retorno do investimento das empresas que apostam nas nossas soluções, reduzindo os custos e aumentando a produtividade. Estes são eixos fundamentais para todas as empresas e também para nós.”

Utilizamos cookies e ferramentas de monitorização para melhorar a navegação, receber feedback, obter dados analíticos, informação de marketing e publicidade de parceiros. Pode alterar as suas preferências (incluindo recusar), clicando no link Gestão de Cookies disponível no rodapé do website.
Gerir Cookies
Aceitar Cookies
Utilizamos cookies e ferramentas de monitorização para melhorar a navegação, receber feedback, obter dados analíticos, informação de marketing e publicidade de parceiros. Pode alterar as suas preferências (incluindo recusar), clicando no link Gestão de Cookies disponível no rodapé do website.
Gerir Cookies
Aceitar Cookies